Notícias

08/08/2019

O que é a Psicologia Forense e qual a sua função?

Se você está em busca de crescimento profissional, uma especialização em Psicologia Forense oferece a oportunidade de trabalho em diversos lugares, com o intuito de colaborar com a Justiça e suas decisões.

A criação dessa área foi inspirada na Psiquiatria Forense que, por sua vez, surgiu da Medicina Legal. Aqui no Brasil, ela foi regularizada em 2001, portanto, ainda é uma área recente da Psicologia.

Neste post, você saberá mais detalhes sobre o que é a Psicologia Forense, o que faz e onde trabalha esse profissional e descobrirá algumas opções de cursos para que um psicólogo se especialize nessa área. Você não pode deixar de ler até o final!

O que é Psicologia Forense?

Podemos dizer que a Psicologia lida com os processos mentais que orientam a conduta de uma pessoa. Já a Psicologia Forense tem como objetivo avaliar esses processos, bem como a conduta dos indivíduos no âmbito judicial.

Ela é a ciência que, por meio de avaliação, métodos e recursos específicos auxilia juízes, advogados, promotores e demais envolvidos na solução dos casos, fazendo um elo entre a Psicologia e qualquer área do sistema legal.

A Psicologia Forense permite que a Psicologia seja aplicada de forma mais eficiente nas investigações policiais e outros processos jurídicos, proporcionando maior humanização das partes envolvidas e levando a decisões judiciais mais justas, demonstrando, assim, sua importância junto à Justiça.

O que faz um psicólogo especializado nessa área?

Sua função principal é responder às dúvidas levantadas pelos profissionais da Justiça nos processos judiciais em diferentes varas — criminal, cível ou trabalhista — esclarecendo pontos importantes para a tomada de decisões.

Seu trabalho é estudar a mente do indivíduo, o meio social onde ele vive e identificar o que o motivou a agir de determinada maneira. Ao fazer isso, procura determinar os motivos de um crime, bem como se existe alguma tendência em agir de tal forma novamente.

Sendo assim, o psicólogo forense examina o indivíduo por meio de entrevistas e testes psicológicos ou neuropsicológicos e elabora relatórios que servirão como evidências nos processos. Todos os testes aplicados devem ser anexados aos relatórios como provas.

Tais relatórios devem ser claros e precisos, omitindo informações supérfluas. Devem ser escritos com a devida linguagem técnica necessária, mas sem exageros, pois deverão ser compreendidos por pessoas que não são da área.

Portanto, o profissional participa de todo o processo desde o contato direto com o indivíduo para a determinação de possíveis transtornos de comportamento ou mentais, elaboração de inquéritos até a presença nos tribunais se for convocado, para responder a quaisquer perguntas que o juiz faça.

O psicólogo forense deve ter o cuidado de não se deixar envolver emocionalmente no caso em que está trabalhando, pois seu relatório deve ser imparcial. Além disso, deve ter uma boa oratória para apresentar suas conclusões diante de um juiz ou tribunal.

Embora sua presença seja muito requisitada na área criminal, seu trabalho é primordial em outras áreas do sistema judiciário. Veja algumas delas e as possibilidades de atuação:

Direito da Família

Nessa área da Justiça o psicólogo forense ajuda a determinar se, em caso de divórcio, os pais estão capacitados a cuidar dos filhos ou se precisam de alguma assistência — e quem fica com a custódia das crianças. Além disso, determina o regime de visitas e trabalha com possíveis problemas psicológicos que os menores possam enfrentar. Também lida com casos de abuso sexual, físico ou psicológico.

Direito Civil

A atuação do profissional nesse campo diz respeito à avaliação se o cidadão está capacitado legalmente para dispor de bens patrimoniais.

Direito do Trabalho

Se uma pessoa se queixa de incapacidade cognitiva para continuar trabalhando, o psicólogo consegue determinar se a incapacidade laboral realmente existe por meio de testes apropriados da Neuropsicologia Forense. Outra situação é o assédio no trabalho e se ele chega a comprometer as atividades do dia a dia das pessoas no ambiente laboral.

Direito Penal

No Direito Penal ele colabora para determinar se o réu tinha consciência do que estava fazendo e se agiu voluntariamente mesmo consciente. Assim, define os limites da culpa, identifica possíveis transtornos comportamentais e estuda os efeitos de violências causados nas vítimas.

O psicólogo também determina a credibilidade do depoimento de uma criança e trabalha com as sequelas psicológicas que foram deixadas nelas, constatando se estão expostas ao risco de violência.
Além disso, junto ao sistema correcional e aos programas de prevenção ao crime estuda as tentativas de reformas morais do indivíduo e na criação de estratégias para evitar que novos crimes sejam cometidos.

Psicologia aplicada à polícia

Esse é outro trabalho recente da Psicologia Forense: colaborar na identificação do perfil de policiais para grupos de elite e de transtornos de ansiedade e estresse cada vez mais comuns a esse grupo, devido a um trabalho que os expõe a situações difíceis como estupro, espancamento de idosos e crianças e outros crimes hediondos.

Em quais lugares esse profissional pode atuar?

Embora sua imagem esteja diretamente ligada aos tribunais, o psicólogo forense encontra trabalho em muitos outros lugares como:

- centros socioeducativos;
- presídios;
- programas de liberdade assistida;
- comunidades terapêuticas;
- centros de apoio a vítimas;
- centros de saúde mental;
- abrigos;
- ONGs e outros.

Quais cursos são necessários para se especializar nessa área?

Se você deseja transformar sua carreira e se especializar nessa área, saiba que é necessário que o interessado seja graduado em Psicologia e faça um curso de pós-graduação a fim de atuar de maneira mais apropriada junto à Justiça. Algumas sugestões são:

- Investigação Criminal e Psicologia Forense;
- Investigação Criminal e Neuropsicologia Forense;
- Psicologia Forense e Jurídica.

Além disso, é essencial que o profissional tenha conhecimentos das leis básicas na área de Direito, como:

ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), se for lidar com esse público; 
Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo), caso lide com adolescentes infratores;
- Direito Penal, se lidar com adultos infratores etc.

Então, saia da sua zona de conforto e continue estudando sempre. Organize uma rotina de estudos e faça um bom planejamento financeiro. Dessa forma, você crescerá profissionalmente e abrirá novas portas no mercado de trabalho.

Seja qual for a situação da Psicologia Forense em que você vá trabalhar, o importante é estar sempre atualizado e qualificado para poder prestar o melhor serviço possível à Justiça e ao cidadão em questão.

Você já conhecia esse interessante ramo da Psicologia? Compartilhe esse post nas suas redes sociais para que seus contatos também fiquem conhecendo a Psicologia Forense!



Voltar
  • Pós Graduação e MBA em Administração
  • Pós Graduação e MBA em Administração Pública
  • Pós Graduação e MBA em Auditoria e Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Bares e Restaurantes
  • Pós Graduação e MBA em Ciências Sociais
  • Pós Graduação e MBA em Comunicação Social
  • Pós Graduação e MBA em Contabilidade
  • Pós Graduação e MBA em Direito
  • Pós Graduação e MBA em Docência
  • Pós Graduação e MBA em Economia
  • Pós Graduação e MBA em Educação
  • Pós Graduação e MBA em Educação Especial
  • Pós Graduação e MBA em Educação Física
  • Pós Graduação e MBA em Empresarial
  • Pós Graduação e MBA em Enfermagem
  • Pós Graduação e MBA em Engenharia
  • Pós Graduação e MBA em Farmácia
  • Pós Graduação e MBA em Ferramentas para Gestão
  • Pós Graduação e MBA em Filosofia
  • Pós Graduação e MBA em Finanças
  • Pós Graduação e MBA em Fisioterapia
  • Pós Graduação e MBA em Fonoaudiologia
  • Pós Graduação e MBA em Gerenciamento de Projetos
  • Pós Graduação e MBA em Gestão de Pessoas
  • Pós Graduação e MBA em Gestão e Negócios
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Imobiliária
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Pública
  • Pós Graduação e MBA em Gestão Turismo
  • Pós Graduação e MBA em Idiomas
  • Pós Graduação e MBA em Letras
  • Pós Graduação e MBA em Licenciaturas
  • Pós Graduação e MBA em Línguas e Literatura
  • Pós Graduação e MBA em Logística
  • Pós Graduação e MBA em Marketing
  • Pós Graduação e MBA em Matemática
  • Pós Graduação e MBA em MBA
  • Pós Graduação e MBA em Medicina
  • Pós Graduação e MBA em Medicina Veterinária
  • Pós Graduação e MBA em Meio Ambiente
  • Pós Graduação e MBA em Nutrição
  • Pós Graduação e MBA em Odontologia
  • Pós Graduação e MBA em Planejamento Estratégico
  • Pós Graduação e MBA em Psicologia
  • Pós Graduação e MBA em Recursos Humanos
  • Pós Graduação e MBA em Saúde
  • Pós Graduação e MBA em Saúde da Família
  • Pós Graduação e MBA em Segurança no Trabalho
  • Pós Graduação e MBA em Segurança Pública e Inteligência
  • Pós Graduação e MBA em Serviço Social
  • Pós Graduação e MBA em Sociologia
  • Pós Graduação e MBA em Tecnologia da Informação
  • Pós Graduação e MBA em Teologia
  • Pós Graduação e MBA em Vendas
  • Formação Pedagógica (R2) em Educação
  • Segunda Licenciatura em Educação
  • Extensão em Administração
  • Extensão em Auditoria e Contabilidade
  • Extensão em Ciências Sociais
  • Extensão em Comunicação Social
  • Extensão em Contabilidade
  • Extensão em Direito
  • Extensão em Docência
  • Extensão em Economia
  • Extensão em Educação
  • Extensão em Educação Especial
  • Extensão em Educação Física
  • Extensão em Empresarial
  • Extensão em Enfermagem
  • Extensão em Engenharia
  • Extensão em Filosofia
  • Extensão em Finanças
  • Extensão em Fisioterapia
  • Extensão em Fonoaudiologia
  • Extensão em Gestão de Pessoas
  • Extensão em Gestão e Negócios
  • Extensão em Gestão Pública
  • Extensão em Idiomas
  • Extensão em Inteligência e Segurança
  • Extensão em Letras
  • Extensão em Logística
  • Extensão em Marketing
  • Extensão em Matemática
  • Extensão em Medicina Veterinária
  • Extensão em Meio Ambiente
  • Extensão em Novos
  • Extensão em Nutrição
  • Extensão em Psicologia
  • Extensão em Recursos Humanos
  • Extensão em Saúde
  • Extensão em Saúde da Família
  • Extensão em Segurança no Trabalho
  • Extensão em Segurança Pública e Inteligência
  • Extensão em Serviço Social
  • Extensão em Sociologia
  • Extensão em Tecnologia da Informação
  • Extensão em Teologia